As 7 lições de liderança do Papa Francisco

 

Muito além da religião, Francisco nos trouxe uma nova perspectiva de liderança, mostrando a cada dia com suas palavras e...

Leia mais...

Pe. Nicolau João Bakker, svd.
Foto/fonte: acervo do autor.

O presente artigo é fruto de uma preocupação angustiante: para onde irão as Igrejas do Brasil depois do inesperado susto do mensalão e do petrolão? Ao apoiar, ao menos parcialmente, um regime político “da Esquerda”, a Igreja errou ou acertou? Qual o caminho daqui para frente? Uma teologia pública deve limitar-se a discussões de cunho mais acadêmico, ou deve abrir pistas concretas no terreno sempre escorregadio das relações entre Igreja e esfera pública? O artigo inicia tecendo um quadro sintético da atual conjuntura política do país, apresentando, além dos fatos principais, também um ensaio interpretativo. Em seguida busca, no passado da tradição cristã, algumas lições que ainda hoje são significativas para uma teologia pública em fase de elaboração. Finalmente coloca o respeito à “religiosidade” humana como um fator de primordial importância para justificar a ação política em qualquer uma das esferas públicas.

Clique aqui e leia o artigo completo

Romaria da Juventude Verbita

27-07-2017 Notícias da congregação

O evento que teve duração de dois dias teve como tema “JUVENTUDE VERBITA UNIDA POR UM MUNDO MELHOR”. A programação foi toda trabalhada e preparada para que cada jovem tivesse uma experiência diferente do que está acostumado.

Leia Mais

Reforma Trabalhista

20-07-2017 Notícias da Igreja

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) está presente entre as entidades que assinam Nota Pública criticando o projeto de Reforma Trabalhista que será votada nesta terça-feira, 11 de julho, no Senado. Na Nota, as entidades afirmam que o texto está “crivado de inconstitucionalidades” e representa “grave retrocesso social”. Entre os pontos de inconstitucionais destacados na Nota, estão a...

Leia Mais